Educação amplia retomada presencial e autoriza a volta de novos anos de escolaridade

Municípios inseridos nas ondas amarela ou verde podem voltar com todas as séries do ensino fundamental e também do médio; alunos do 6º e 7º ano e do 1º ano do ensino médio têm retorno previsto para 23/8

Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) autorizou, a partir da próxima semana, que mais anos de escolaridade tenham presença dos alunos em sala de aula durante o ensino híbrido. Nas localidades inseridas nas ondas amarela ou verde do plano Minas Consciente, os 6º e 7º anos do ensino fundamental, o 1º ano do ensino médio, demais turmas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e dos períodos da educação profissional e curso normal ficam autorizados a se juntar às outras séries que já haviam retornado.

Com esta nova autorização, nos municípios nas duas faixas de classificação (ondas amarela ou verde) todos os alunos da rede poderão voltar a frequentar as escolas, desde que não exista decreto impeditivo por parte da prefeitura e que seja da vontade das famílias. Nos locais em onda vermelha, seguem autorizados apenas os anos iniciais do ensino fundamental, ou seja, do 1º ao 5º ano.

A partir de segunda-feira (16/8), as escolas que têm os anos de escolaridade recém-autorizados podem iniciar o acolhimentos dos professores. Já na outra segunda-feira (23/8), será o momento de dar as boas-vindas aos alunos.

Retomada

Este é mais um importante passo para a retomada das atividades presenciais nas escolas da rede pública estadual de Minas Gerais, contando com todo cuidado e segurança e em respeito rigoroso aos protocolos sanitários da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).

A rede estadual passa a contar, com as medidas anunciadas,com 1.661 escolas estaduais reabertas, em 256 municípios, para receber alunos e professores. Essas unidades atendem um total de 952 mil alunos em todas as etapas de ensino.

Com as informações mais recentes divulgadas pelo Comitê Extraordinário Covid-19, em 12/8, todas as regiões do estado seguem aptas para o retorno das atividades presenciais nas escolas da rede pública estadual, desde que não haja impedimento por parte da prefeitura da localidade. O movimento é possível em função da melhoria dos índices epidemiológicos e do acompanhamento realizado das primeiras unidades de ensino que reabriram.

Vale sempre lembrar que o retorno das escolas da rede estadual de Minas é seguro, gradual, híbrido, facultativo e foi planejado, com todo o cuidado, para garantir o cumprimento dos protocolos sanitários e transmitir a segurança e confiança necessárias a alunos, funcionários, pais e responsáveis. O retorno segue todas as diretrizes recomendadas pelas autoridades de saúde e acompanha checklist criterioso de preparação para o recebimento de professores e alunos, com boa aceitação da comunidade escolar.

Cenários

Nas cidades inseridas na onda vermelha do Minas Consciente, são autorizadas as atividades presenciais apenas para as turmas dos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano). Já nos municípios nas ondas amarela e verde, as atividades presenciais estão permitidas para os alunos de todos os anos escolares do ensino fundamental e também do médio, além da EJA e cursos profissionalizantes.

Importante ressaltar ainda que, sempre que algum ano de escolaridade for incluído na retomada, o momento de acolhida será iniciado pelos professores em uma semana e, na seguinte, ocorre o recebimento dos alunos.

Aos estudantes, pais e/ou responsáveis que quiserem verificar se suas escolas estão com as atividades presenciais autorizadas, basta acessar www.educacao.mg.gov.br. Na aba destinada à retomada, a listagem de municípios e unidades de ensino autorizadas é atualizada diariamente. O contato com o gestor da escola também é fundamental para ficar por dentro de todas as informações sobre o ensino híbrido.

FONTEAgência Minas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui