HOMEM É MORTO A TIROS DENTRO DE CASA

TIMÓTEO (MG) – Na noite dessa terça-feira (26), um homem de 37 anos foi morto com pelo menos cinco tiros, dentro de sua casa, na rua Patativa, no bairro Macuco, em Timóteo. A vítima teria um desentendimento com o suspeito, um jovem de 19 anos, que teria recebido ajuda da enteada e do filho adolescente da vítima.

De acordo com informações apuradas pela reportagem, a vítima foi identificada como Alexandre Souza Guimarães e estava na presença da esposa, no momento do crime. O Corpo de Bombeiros foi acionado no local e constatou o óbito do homem. A perícia da Polícia Civil realizou os trabalhos de praxe e liberou o corpo à funerária. Foram recolhidos um cartucho de calibre não identificado, o celular da vítima e duas pedras de substância aparentando ser crack.

A esposa relatou aos policiais militares que, se encontrava em sua residência quando em dado momento um indivíduo encapuzado teria entrado e se direcionado ao quarto onde se encontrava a vítima. Tal indivíduo, ao ver a vítima no quarto, já começou a efetuar disparos, momento este onde a vítima correu para próximo da mulher. Temendo ser atingida, a companheira de Alexandre se afastou e o suspeito efetuou mais disparos. Após o fato, o indivíduo fugiu sem ser localizado. Conforme consta no boletim de ocorrência, a enteada da vítima disse que a vítima teria envolvimento em várias confusões.

Os policiais militares deslocaram até a residência da mãe da vítima, para contar o acontecido e ouvir a mesma para tentar descobrir alguma informação. Ela relatou que o filho teria tido um desentendimento com o sobrinho de sua esposa. Em função desse desentendimento, o jovem teria trocado uma motocicleta por uma arma de fogo e jurado vingança pelo fato da vítima ter agredido fisicamente.

Em conversa com a enteada, de 18 anos, de Alexandre, a mesma disse que, no dia do crime, o suspeito a pediu para retirar as suas irmãs menores de 13 e 8 anos da casa. Já o filho adolescente da vítima, ao perceber que a jovem iria ser conduzida, começou a alterar a voz com os policiais e acabou apreendido. Ao ser ouvido, ele relatou que, no dia do fato, usou maconha com o suspeito e que ele teria contado a intenção de matar seu pai. O autor também confessou que estava sendo motivado após sofrer uma agressão por parte da vítima, em um sítio em que trabalhavam juntos em Jaguaraçu, na região do Vale do Aço.

Após ouvirem testemunhas e parentes da vítima, a polícia prendeu a enteada da vítima e apreendeu o filho em flagrante como co-autores. Foi feito rastreamento, mas até esta publicação, o suspeito não foi localizado.

Informações: Plox

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui