MULHER APRESENTA DOCUMENTO DE OUTRA PESSOA, PARA IDENTIFICAR HOMEM QUE MORREU NO CASU

CARATINGA (MG) – Na noite dessa terça-feira (4), um homem deu entrada ao Hospital Irmã Denise – Casu, em Caratinga, identificado como Walace Braga Viana. Segundo boletim de ocorrência, o quadro de saúde do paciente evoluiu negativamente e ele veio a óbito, conforme prontuário médico. Segundo relatos da chefe da equipe de enfermeiros do hospital para a Polícia Militar, no momento em que foi avisar a família sobre a morte, foi informada que o verdadeiro nome do falecido era outro.

Em conversa com a suposta autora do crime, a qual é cunhada do homem falecido, ela relatou que quando chegou na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), ele estava inconsciente e quando foi exigido documentos do homem, ele não tinha nenhum. Então ela usou o documento com o nome de Wallace Braga Viana, que segundo a suspeita, era o único documento que eles tinham no momento.

Durante consulta da PM ao sistema informatizado, foi constatado que o homem tinha um mandado de prisão em aberto. A suspeita não apresentou a identidade apresentada na UPA para os militares. Sendo assim, a mulher foi conduzida até a delegacia para prestar esclarecimento sobre o fato.

Informações: Plox

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui